Seja bem-vindo ao Dakota Johnson Brasil! Sinta-se à vontade para comentar nos posts, visitar nossa galeria e ficar informado sobre a atriz e modelo Dakota Johnson. Esperamos que aproveite todo o conteúdo que o site tem a oferecer e volte sempre.

Arquivo de 'Galeria'



19.11.2017
postado por Laura Melo e categorizado como Dakota Johnson, Entrevista, Facebook, Fotos, Notícias

Recentemente, a anfitriã do programa All Things Considered, da rádio norte-americana NPR, sentou-se com as três gerações de atrizes de Hollywood: Dakota Johnson, sua mãe Melanie Griffith e sua avó Tippi Hedren para falarem sobre assédio sexual, o que uma aprendeu com a outra, o legado da família, se planejam trabalhar juntas no futuro, entre outros tópicos. Abaixo, vocês podem conferir a entrevista em duas partes e a transcrição logo em seguida:

Parte 1:

2017 está se moldando para ser o momento das mulheres da industria cinematográfica contarem suas hitórias de assédio sexual e agressão. Nós queremos falar com as mulheres de Hollywood. Então, nós pedimos as três gerações de atrizes para virem ao estúdio. Tippi Hedren, sua filha Melanie Griffith, e sua neta, Dakota Johnson. Três experiências diferentes de mulheres em Hollywood. Tippi Hedren, é claro, estrelou em “Os Pássaros” e em “Marnie”, os dois filmes dirigidos por Alfred Hitchcock. Em “A Memoir” ela escreveu que Hitchcock era obcecado por ela. Ela diz que ele foi até sua casa de limusine quando ela não estava lá, e que ele a tocava no set de gravações. E depois, durante uma reunião no escritório dele, ela disse que ele a agarrou. Disse que foi sexualmente pervertido, e no final ela o recusou.
Tippi Hedren: Ele disse que arruinaria minha carreira. Eu disse: “Faça o que tiver de fazer,” e saí pela porta. Eu preciso te dizer, nunca bati a porta tão forte na minha vida. Na verdade, olhei para trás para ver se ela ainda estava ligada às suas dobradiças.

Nossa conversa começou com o Hitchcock, eu devo dizer que haverá alguns palavrões nos próximos minutos. A neta de Tippi Hedren, Dakota Johnson, e sua filha, Melanie Griffith, falaram com Tippi sobre o quão diferente deve ter sido passar por isso nos anos 60. Dakota fala primeiro, e depois Melanie.
Dakota Johnson: Como foi para você? Você tinha alguém para conversar? Havia alguém a quem você poderia recorrer?
TH: Ninguém realmente tinha uma resposta sobre como eu iria resolver o problema.
DJ: Não havia uma solução.
Melanie Griffith: Era tudo meio que jogado para debaixo do tapete.
TH: Sim, era, absolutamente.
MG: E você era o problema.
TH: Sim.

Eu lembro que no livro as mulheres… nossa, eu tenho que dizer, sinto muito que você tenha passado por isso.
TH: Na verdade, a mulher dele, Alma, disse, “Sinto muito que você tenha passado por isso.” E eu disse, “Você não pode parar isso?” Eu estava com raiva e magoada. Não tinha ninguém para dizer, “Tudo bem, nós vamos te ajudar.”
MG: Mas, você foi muito corajosa, mãe, e aquilo foi no começo dos anos 60. Eu realmente lhe aplaudo, devo dizer.
TH: Ah, obrigada.
DJ: Mas ele também foi um homem que foi considerado um dos maiores cineastas daquela época.
TH: Sim, ele foi.
DJ: E agora, ele ainda está na história. Porém, também usou seu poder.
TH: Ah, ele tentou.
DJ: Mas ele… tecnicamente usou. Digo, depois de “Marnie”, o que aconteceu?

Por dois anos. Nos conte sobre isso.
TH: Sim, bem, ele disse que acabaria com a minha carreira. Sabe, eu ainda tinha um contrato com ele, todos tinham que passar por ele para chegar até mim.

Então, se as pessoas te ligassem e falassem que queriam que você trabalhasse em algo, ele diria…
TH: “Ela está indisponível.”
MG: E que ela era difícil.

Vocês duas, Dakota e Melanie, conseguem imaginar isso hoje em dia? Dakota, vou começar por você.
DJ: É bem parecido com todas as alegações contra Harvey [Weinstein], e também muitos outros homens. Mas isso é tipo um estranho ponto cego em Hollywood que sempre esteve presente. No entanto, estão acendendo uma luz sobre isso. E isso é muito…
TH: Já era hora.
DJ: E já era hora, mas isso é outra coisa, há todas essas acusações acontecendo, e todos os dias é uma nova pessoa, mas é quase como se estivesse se tornando redundante, e a pessoa culpada é irrelevante. Estou mais interessada em saber qual é a solução. Quando isso aconteceu com você, não havia uma solução. Você sofreu as consequências por estar sob o controle dele. Quero saber como isso tudo vai mudar, quero saber qual é minha posição agora.

Nós estamos falando sobre esse ataque de acusações, eu acho que quero saber se isso já aconteceu com vocês duas.
MG:
Vá em frente.
DJ: Pode falar.

Essa é a Melanie.
MG:
Não, na verdade eu nunca tive essa experiência trabalhando. Eu fui ensinada a ser bastante forte e a me valorizar.
TH: Essa é a resposta, bem aí. Se você pode ensinar sua menininha a ser forte, saia de lá.

Eu te entendo completamente. Mas a responsabilidade nem sempre depende de nós.
DJ:
Não, de modo algum.
TH: Não depende, mas é com isso que você tem que lidar.

Não depende só de você ser forte e transmitir isso. Você pode ser tão forte quanto quer ser, e ainda passar por essa situação.
TH: Sim, pode.
MG: E ainda assim destruir sua reputação, seu trabalho, sua situação, sua auto-estima.
DJ: É tão… insano. Mas é… nunca passei por uma experiência de assédio sexual, de uma maneira que valha a pena eu acusar alguém. Tenho certeza que houve coisas que foram ditas a você assim como foram ditas para mim, do tipo “sua bunda está ótima” ou algo assim, que você poderia considerar como assédio sexual. Digo, recentemente eu trabalhei nua em uma enorme trilogia…

“Cinquenta Tons de Cinza”.
DJ: E tinham muitos homens de altas posições de poder por trás das câmeras. Se eu tivesse algum problema, ou alguma coisa estivesse acontecendo, não foi nada sexual, mas coisas que precisavam ser ouvidas. Meu pai disse, “Dakota, você precisa ser um lobo, não um cordeiro,” e eu disse, “Tudo bem. Bom, então essa é a parte de mim que vai ser rotulada de vadia ou fria, só porque se eu sou umas mulher sendo direta e dizendo ‘Não, eu não gosto disso,’ ou ‘Não, eu não vou fazer isso.'”
MG: Um problema.
DJ: Então, eu sou sexualmente difícil, e estou fora de controle.
TH: Não, você é inteligente.
DJ: Certo, certo, mas em comparação com o fato de eu ser uma mulher.

Tem um perigo nisso, também.
DJ:
Sim.

Tem alguma coisa que você mudaria…. todas vocês. Mas, Dakota, vou começar com você. Sobre como as mulheres são tratadas em Hollywood, se você pudesse mudar algo, o que seria?
DJ:
Ah, cara… Acho que seria as conversas originais em que os homens usam sua masculinidade para reprimir as mulheres. Acho que seria isso.

Para isso parar?
DJ:
Sim. Eu acho que está parando. Acho que talvez muitos homens estão fazendo um inventários de suas vidas e suas carreiras…

Você acha que as pessoas estão fazendo isso agora?
DJ:
Sim, totalmente. E acho que os caras vão tomar muito cuidado com quando e onde e como eles fazem reuniões com jovens mulheres. Eu acho que esse é o começo, é o começo disso. Mas, sabe, uma jovem atriz que vai ter reuniões com produtores e donos de estúdio que são predominantemente homens.

Ainda.
DJ: Ainda.

Mas isso não vai mudar da noite para o dia, como as alegações contra Weinstein, não vão apenas mudar.
DJ: Não. E isso vai ser assim. Terão donos de estúdios que são homens e serão ótimos. Existem homens honrados.
TH: Vamos esperar o dia em que uma mulher sairá de uma reunião de negócios e dirá, “Quer saber? Ele não deu em cima de mim.”
DJ: Bem, eu acho que isso acontece, Mormor. Esse dia definitivamente chegou. Digo, não é…
TH: Seria legal se isso fosse o normal.
MG: Isso é o normal.
DJ: Acho que isso é o normal.
TH: Espero que sim.
MG: Sabe, outra coisa é que… Eu sinto muito por mulheres que…

Essa é a Melanie.
MG: Uma vez que estão seguindo sua paixão na escola… digamos que alguém quer ser cientista, ela começa a trabalhar e é assediada sexualmente, ela sai do trabalho porque não consegue lidar com isso, e não consegue ser cientista. Ela não consegue seguir sua paixão por causa disso. Isso é o que devemos ir contra, eu acho. Certifique-se de seguir seus sonhos, e não deixar as pessoas esmagá-los.

Essa foi a atriz Melanie Griffith. sua filha atriz, Dakota Johnson, e sua mãe, a atriz Tippi Hedren. O livro da Tippi Hedren “A Memoir”, é chamado de “Tippi”.

Parte 2:

Ontem, nós ouvimos uma conversa com três atrizes em uma família. Tippi Hedren, sua filha Melanie Griffith e sua neta, Dakota Johnson. Elas falaram sobre assédio em Hollywood, o que mudou ou não para as mulheres ao longo dos anos e nós queremos compartilhar outra parte dessa conversa que não tivemos tempo para mostrar ontem. É sobre os papeis para as mulheres em Hollywood e o quão difícil é para elas conseguirem trabalho uma vez que chegam a uma certa idade. Melanie Griffith começa.
MG: Quando você está no auge da sua vida, dos 20 aos 40 anos e está atuando, é uma época maravilhosa. E então para mim, quando cheguei aos 40 anos, não exatamente nessa idade mas ao redor disso, eu realmente não estava tão interessada em fazer filmes quanto era antes.

Para mim, você disse coisas do tipo, “É o fato de que eu tenho algumas linhas faciais. Não é porque eu perdi meu talento ou me tornei deformada,” e que isso é o motivo de você não ser escalada de certa forma.
MG: Bem, eu penso em muita razões para isso mas, sim, definitivamente. À medida que você vai ficando mais velha, não é… agora, com a forma que eles gravam as coisas não é a mesma coisa de quando mamãe estava fazendo filmes ou quando comecei a fazer filmes, eles te faziam ficar incrivelmente linda, até mesmo quando você não era.

O ato de pentear o cabelo?
MG: Sim, tipo, todas as luzes e… era realmente intenso e era fabuloso.

E Dakota, você falou sobre isso também. Sobre o fato de que sua mãe e avó não conseguem papeis por causa de suas idades.
DJ: Sim, o que é triste porque eu quero assistir às mulheres que admiro desenvolverem seu talento e é muito difícil quando Hollywood não contribui com isso. É como se você tivesse de ser quente e fresca e nova. Prefiro ver você [Tippi] agora…
TH: Obrigada.
DJ: … do que alguma aleatória…

Nova e fresca.
DJ: Sim!
MG: Mas isso tem mudado tanto, é como se agora você tem a oportunidade de fazer tantas coisas, produzir, dirigir, atuar. Nos meus dias, nos anos 70, 80 e 90, não era realmente uma possibilidade. Tenho certeza que não era também quando você trabalhava, mãe.
TH: Não.
MG: Para uma mulher fazer todas as coisas que você pode fazer, você deve fazê-las.
DJ: Eu também acho que isso aconteceu, que tem crescido. Acho que existe uma forma de estigma nisso, e é passageiro, então talvez agora que eu tenho todo esse tempo, tenho que fazer isso nesse momento, portanto preciso criar. Sou interessada em longevidade e quero fazer filmes até morrer.
TH: Mas há outro problema, também. Eles não acham mulheres que estão envelhecendo fascinantes o bastante para fazer roteiros sobre elas. Quer dizer, eles não escrevem isso mais.
DJ: O que é ridículo.
TH: Eu sei, porque nós somos fascinantes!
DJ: Você é a mulher mais fascinante que já conheci na minha vida.

Se alguém chegasse em você com um ótimo roteiro, Tippi, você aceitaria? Que tipo de papel você gostaria de interpretar?
TH: Eu certamente consideraria. Absolutamente. Estive decepcionada por muitos anos e ninguém chegou em mim com nada do tipo.

Mas, sério, que tipo de papel você gostaria?
TH: Bem, eu gostaria de fazer algo tipo uma comédia, tendo a idade que tenho.
DJ: Com quem você iria querer trabalhar?
MG: Com que homem você gostaria de trabalhar, mãe?
DJ: Bem, mãe, nós não estamos falando sobre homens! Deus! E tudo que acabamos de falar foi jogado pela janela.

Quer dizer, obviamente vocês três deveriam fazer um filme juntas.
TH: É isso que eu ia dizer: tenho Melanie Griffith e Dakota Johnson aqui, e eu amaria trabalhar com vocês.

Bem, Melanie Griffith, Dakota Johnson e Tippi Hedren, muito obrigada por conversarem comigo hoje. Foi ótimo.
MG: Muito obrigada à você.
TH: Obrigada por nos convidar.
DJ: Obrigada.

Tradução: Carol F. e Laura M.

08.11.2017
postado por Tai e categorizado como Cinquenta tons de liberdade, Filmes, Fotos, Galeria, Stills

As surpresas não pararam por aí! Além do trailer, um novo pôster e stills do filme foram liberados.

(mais…)

24.10.2017
postado por Tai e categorizado como Candids, Dakota no Brasil, Fotos, Galeria

Quase matando seus fãs do coração, na tarde de ontem, Dakota desembarcou no Rio de Janeiro.

O motivo da vinda da atriz ainda não foi confirmado, rumores de que a mesma veio promover sua campanha para Intimissimi, outros dizem que viajou para comparecer ao casamento Guy Oseary e Michelle Alves. De qualquer maneira, fiquem ligados no DJBR para mais informações!

Enquanto não sabemos o motivo, vamos curtir as primeiras fotos de nossa amada em solo brasileiro:

20.10.2017
postado por Tai e categorizado como Fotos, Galeria

Uma amiga dessas! ❤ No inicio desse mês, Dakota Johnson viajou para o Colorado para prestigiar o casamento de seus amigos. Confira algumas fotos:

19.10.2017
postado por Laura Melo e categorizado como Dakota Johnson, Fotos, Instagram, Twitter

Como todos sabem, dia 04 de outubro foi o aniversário de 28 anos da nossa amada Dakota, e várias pessoas a desejaram feliz aniversário. À seguir, vejam as fotos e as mensagens:

erikaljames: “#Bastidores #FiftyShadesDarker Feliz aniversário, Dakota.”

kateleemakeup: “Feliz aniversário ? Dakota ♥️”

marktownsend1: “❤️?? Feliz aniversário Dakota! ??❤️”

melanie_griffith57: “Feliz aniversário minha linda Dakota! ❤️ Você tem um dia de idade nessa foto com seus irmãos mais velhos Jesse e Alexander ❤️ Eu amo muuuuuito você!!! ?❤️??❤️??❤️?❤️”

patidubroff: “Feliz aniversário linda #dakotajohnson ?”

sarahnininger: “Feliz aniversário Dakota!!! Muito grata pelo quanto você me ama e ama o @actioninafrica. Você virou nossa pequena organização de cabeça para baixo da melhor forma possível. Espero que seu aniversário seja cheio de amor, luz e risadas. TE AMO! ❤️??”

jaydoubleyoujay: “Feliz aniversário irmãzinha. Você é a mais legal… de nada.”

actioninafrica: “Feliz aniversário @dakotajohnson, de todos os seus amigos em Uganda! Nós te amamos e somos muito gratos por tudo que faz!”

addison.timlin: “Se é seu aniversário, então é o meu também, passando o dia celebrando você.”

blakeleeblake: “Feliz aniversário @dakotajohnson”

vanityfair: “Ei, Dakota. Feliz aniversário.”

eloise.mumford: “eu amo essa aniversariante, tanto nas cenas quanto na vida real ❤️”

kmacnyc: “Feliz aniversário, #DakotaJohnson ?”