Untitled Document
  Olá, seja bem-vindo ao Dakota Johnson Brasil! Estamos muito felizes com a sua visita. Sinta-se à vontade para comentar nos posts, visitar nossa galeria e ficar informados sobre a atriz e modelo Dakota Johnson, que viverá Anastasia Steele em Cinquenta tons de cinza. Esperamos que aproveitem todo o conteúdo que o site tem a oferecer. Obrigada pela visita!
 
 
Untitled Document
  “Acho que há uma parte na mulher que quer ser a responsável por desestruturar um homem.” - Dakota Johnson  
  •  
       

    A divulgação de Cinquenta tons de cinza está a todo vapor! Dakota Johnson está na revista Cine Premiere na qual vocês podem ler a entrevista abaixo traduzida:

    Quem é Anastasia Steele para você?
    Minha versão de Anastasia é uma mulher que se valoriza e se respeita tanto que ainda não havia se entregado a ninguém, porque simplesmente não havia encontrado alguém que a merecesse, portanto, eu me liguei a ela tanto no emocional como fisicamente. Creio que por isso é tão legal quando ela se encontra com Christian, porque ele é o primeiro que a fez se sentir assim. Ela articula sua grande força interior com graça, porque ela é uma mulher muito poderosa, única e é uma fonte de inspiração.

    Qual aspecto da personagem te pareceu mais complexo de interpretar?
    O que mais me intrigou nela foi a viajem emocional e física que compromete. É o momento em que uma mulher perde a sua virgindade, é delicado e belo, mas também aterrorizante, porque muda sua vida. Se isso se contribui às pessoas que tem gostos sexuais peculiares.. Bem, acredito que é algo que qualquer mulher gostaria de lidar. Foi muito interessante e divertido interpretá-la, porque realmente tentei mostrar o processo mental no qual ela passa.

    O que você faria se conhecesse um homem como Christian Grey? Continuaria saindo com ele mesmo após descobrir seus interesses sexuais ou sairia correndo?
    É… Não… Bem… Não sei. (risos)

    Você acredita que as mulheres de hoje em dia estão abertas ao BDSM ou é algo que só pertence ao mundo das fantasias sexuais?
    A subcultura do BDSM é muito mais grande do que a gente pensa, também é incrivelmente interessante, ainda que muita gente acredita que se trata apenas de determinadas atividades, é uma realidade que requer de um estilo de vida muito privado, de modo que a verdade se trata da psicologia que há por trás: os fetiches, os aromas, as sensações, o tato e a textura das coisas. Acredito que as mulheres se intrigam porque é como quando eram meninas e entendem do que se trata o sexo pela primeira vez: ficam impressionadas e acham fascinante. BDSM é algo que está saindo na luz e pouca gente sabe do que realmente se trata, é interessante, chamativos e às vezes surpreendente porque nem sabiam que isso existiam.

    Então você considera o BDSM o último tabu que acabamos de superar?
    Sim, pode ser. Devemos levar em conta que a base do BDSM é dominar e se submeter, ou, ter o controle e perdê-lo, e acredito que para muitas mulheres que foi escrito o livro, esta ideia pode ser de certo ponto, um pouco romântica, porque para muitas mulheres, ceder aos desejos de outros podem ser atrativos.

    Jamie disse que a história pertence meramente ao mundo da fantasia. Você concorda?
    Acredito que em parte sim, mas na sociedade nunca sabemos quando teremos portas fechadas, assim podemos ter alguém que seja bem sucedido como Christian Grey e que ao mesmo tempo, desfrute muito do BDSM. De fato, as estatísticas mostram que a maior parte dos submissos são homens de negócios muito poderosos que ficam a maior parte do tempo no controle de situações. Ao contrário do que muita gente pensa, não se trata de uma mulher que atua como submissa e o homem como dominante. Para quem acredita que o personagem de Christian Grey é muito charmoso e por isso o livro ficou bem sucedido. Não, não é uma história real e nem os personagens foram baseados em gente de verdade… Nada assim é perfeito.

    Postado em Sun , 01 2015 Arquivado em Dakota Johnson, Entrevista
     
       

    Dakota foi vista hoje em West Hollywood com Blake Lee. O casal de amigos foi flagrado por paparazzis a caminho do Kings Road Cafe para um almoço. Confira as fotos:

    Postado em Fri , 01 2015 Arquivado em Candids, Compras, Dakota Johnson, Fotos
     
       

    OMG! Para nossa alegria, Dakota Johnson foi anunciada como capa da edição de fevereiro da revista Vogue. Confiram os scans e a entrevista completa a seguir:

    SCANS > 2015 > VOGUE – FEVEREIRO

    fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg

    “Minha coisa favorita em Londres”, confidencia Dakota Johnson no primeiro dia de nossa conversa na Fashion Week da capital, “é que ninguém me reconhece. É realmente… legal.”

    Neste ponto, deve-se notar que dificilmente Dakota se reconhece: Ela está temporariamente loira e o cabeleireiro fez em algo em seu cabelo próximo um penteado “despenteado”. “Eu não sou o tipo de pessoa que fica como: ‘O que você fez?!’ Dakota dá de ombros. “Eu estou tipo, ‘Eu amei!’

    Mas, embora ela passe geralmente despercebida pelos paparazzis da cidade enquanto eles lutam para fotografar Alexa ChungPoppy Delevingne, etc, pode-se assumir que essa situação em breve vai mudar drasticamente, uma vez que Dakota, 25, encarna Anastasia Steele, a heroína na adaptação cinematográfica do best-seller erótico, Cinquenta Tons de Cinza, de EL James (“um conto de fadas dos irmãos Grimm, muito obscuro e contado para adultos”, como a diretora Sam Taylor-Johnson descreve). As severas críticas da trilogia Cinquenta Tons de Cinza foram recompensada com as vendas de 100 milhões de cópias em todo o mundo, e o filme, uma história de amor muito alternativa que abre no fim de semana do Dia dos Namorados, podendo fazer de Dakota, a Vivien Leigh dessa década.

    Eu penso sobre meu anonimato estar cada vez menor, diz ela, e isso é realmente assustador, porque uma grande parte de mim estaria perfeitamente feliz vivendo em um rancho no Colorado, tendo filhos e galinhas, cavalos – que eu terei de qualquer maneira.” Ainda assim, ela não podia deixar passar a oportunidade de interpretar uma personagem que muitas pessoas achavam que conheciam. “Eu queria estar envolvida, porque é tão diferente”, diz Dakota, “e é uma intensa história de amor.”

    Taylor-Johnson não estava ciente das credenciais “Tinseltown” da Dakota (ela foi a primeira da segunda geração a ser a “senhorita Golden Globe”) antes de se conhecerem, mesmo tendo visto a sua aparição memorável como “o caso de uma noite de Sean Parker“ (interpretado por Justin Timberlake) no filme de David Fincher “A Rede social” em 2010. “Ela foi um pouco mais de uma ‘ladra de cena’”, diz Taylor-Johnson. “Foi uma daquelas pequenas aparições onde você pensa, eu preciso dessa menina!” Para o teste de Cinquenta Tons, foi dado a Dakota um monólogo de um drama psicológico de Igmar Bergman “Persona” de 1966. “Ela nos desmoronou,” Taylor-Johnson lembra. “Ela entendeu a nuance dessa passagem e em como atuar delicadamente. Dakota tem a capacidade de ser tão frágil e vulnerável, mas com aquela força subjacente que faz você sentir que ela vai triunfar.”

    Embora a diretora estivesse determinada a dar a Dakota o papel, ela teve que voltar e ler trechos de juras de um amor carismático com um apetite a sexo-não-convencional com alguns candidatos para o papel de Christian Grey.

    “Nós não poderíamos lhe oferecer o papel até que nós sentíssemos que havia uma química definida entre ela e quem ia fazer o papel de Christian”, diz Taylor-Johnson. Entra aqui o improvavelmente bonito norte-irlandês, Jamie Dornan, estrela carismática da série de crimes da BBC de arrepiar os cabelos “The Fall”, com um brilho em seu olhar. Sua química, como a diretora relembra, foi imediata.

    “Dakota é muito engraçada – e o seu humor em um set vai longe”, diz Dornan. “Mas ela também tem a habilidade para ser uma forte atriz dramática. Ela poderia estar te contando uma piada em um minuto e no outro quebrando seu coração, então ela foi perfeita.”

    “Há cenas difíceis neste filme”, acrescenta Taylor-Johnson, “cenas onde ela tinha que estar nua, e não apenas em carne. Mas ela foi absolutamente destemida e corajosa.” Dakota, por sua vez, diz que ela e Taylor-Johnson tem uma conexão muito especial. “Eu confio nela em tudo. Ela tem uma cabeça muito elevada, e nunca houve realmente um momento de ansiedade.”

    Embora Dakota, ainda não tenha visto o filme em Londres, ela é um dos mais de 100 milhões de espectadores que viram o trailer, que se tornou o teaser mais visto da Universal. “É a coisa mais louca fazer parte disso”, diz Dakota. “Eu nunca tinha experimentado nada parecido; Eu não acho que ninguém tenha. É aterrorizante e é emocionante.”

    Ainda assim, enquanto Taylor-Johnson trabalha em Los Angeles para editar o filme, aqui em Londres, Dakota sente-se muito longe das intensas nove semanas e meia em que passou filmando. Entre outros detalhes, ela ainda não tem a sua agenda promocional do seu implacável filme: “Eu estou sobrevivendo numa base de “hora-por-hora” agora”, diz ela. No entanto, ela começou a trabalhar com a estilista Kate Young em suas escolhas de moda. “Nós somos amigas, nós gostamos de sair e de aparecer com coisas legais juntas”, diz Dakota.

    Com roupas ecléticas para o tapete vermelho em sua cabeça, Dakota está contemplando as roupas para vestir nos show da Semana de Moda de Londres. “Chic sexy”? Delicada e romântica? Estilo Hitchcock? E o que dizer de uma bolsa de ombro? “É tão anos noventa”, diz ela, suspirando e apreciando.

    A atriz exala sem esforço o lado legal de uma It Girl, a partir de suas plataformas da Stella McCartney e das peças anos 80 de Rive Gauche and Ungaro em seu guarda-roupa (recentemente retirada de uma loja vintage na Rue de Grenelle) para os brincos de caveira discretas que foram um presente de sua mãe (Melanie Griffith, se você não sabe, Don Johnson é seu pai e seu padrasto é Antonio Banderas). As roupas estão colocadas na suíte no Chiltern Firehouse, sua casa em Londres (quando ela não está com Kate Moss em sua casa de andares do século XVIII, no norte da cidade). Enquanto isso, Dakota tem a sua “melhor amiga do mundo todo”, a decoradora de Nashville Emily Ward, ao seu lado para lhe dar apoio moral. Ward, que poderia ser uma dublê para sua também amiga, Reese Witherspoon, é casada com o baterista dos Black Keys, Patrick Carney. (Dakota está atualmente saindo com o galês Matthew Hitt, o vocalista e guitarrista da banda indie-rock Drowners e há algum tempo atrás modelo com uma aparência atenuada de um Egon Schiele). Ward e Dakota são tão conspirantes e muito, muito engraçadas juntas, que você se encontra desejando ser seu “segundo melhor amigo” no mundo todo.

    A calma que é tão persuasivamente projetada por Dakota é, no entanto, ilusória. Na verdade ela está completamente confusa. Ela acaba de passar dois meses na ilha italiana Pantelleria filmando uma nova versão do ícone de 1969 “La Piscine”, de Jacques Deray (no qual ela reprisa o papel desempenhado por Jane Birkin no original), com o estiloso diretor de ‘I Am Love’, Luca Guadagnino (Taylor-Johnson a recomendou para o papel). Dakota amou Guadagnino (“Eu sou tão feliz que ele exista”, diz ela), bem como os seus colegas Ralph Fiennes e Tilda Swinton, que a chamam de Cousin Duckie (Tio Patinhas) e conversaram com ela quando ela não se sentiu preparada para o papel, para o qual ela desembarcou apenas alguns dias antes do início das filmagens. “Às vezes eu ficava como, ‘Esta sou eu lentamente escorregando e mergulhando na loucura. Eu não vou voltar disso!’” Dakota diz, rindo. “Felizmente, eu estava interpretando uma  completa sociopata.”

    Mas Pantelleria, diz ela, “é como estar em Alcatraz cercada por água-viva! Você realmente não pode sair! Então, eu estou experimentando um choque cultural agora. Eu tenho uma ansiedade bizarra de estar em uma cidade e eu não tenho nenhuma ideia de quem eu sou ou onde eu estou.”

    Nossa imersão na moda de Londres só promete aumentar seu senso de desorientação. Começa no Royal Institution of Great Britain, onde Stella McCartney está apresentando as roupas sustentáveis que ela projetou para o Green Carpet Challenge de Livia Firth“Ela é muito especial, essa Stella”, diz Dakota. “Sem papo furado, muito simples e amável.” As duas originalmente foram apresentadas, no verdadeiro estilo de filhas-de-celebridade, por Henderson, um amado motorista de New York que trabalhou para os McCartney e o clã Johnson-Griffith-Banderas há décadas. “Eu o conheci toda a minha vida”, diz Dakota. “Ele sabe tudo sobre mim, eu lhe conto tudo. Ele conheceu todos os meus namorados.”

    “Eu preciso de um abraço coletivo!”, grita Stella quando Dakota e Emily entram em sua festa. No primeiro encontro às cegas, em que as garotas foram para uma turnê do Black Keys, a conversa se voltou para Akron, Ohio, onde Carney é natural. Stella em algum momento, gentilmente convida o amigo Akronite Chrissie Hynde para se juntar a eles. “Foi a experiência mais gloriosa para nós, porque nós adoramos os Pretenders”, lembra Dakota. Como se pode ver, ela e Stella tinham mais em comum do que meros pais famosos: O bem-estar dos animais é importante para ambas. “Ela salvou doze cavalos de irem ao mercado de carne”, diz Stella orgulhosamente sobre Dakota. “Pagou o aluguel de uma escola de equitação que foi atingida pela recessão econômica, por três anos.”

    A paixão pelos direitos dos animais corre na família de Dakota. Como a sua avó Tippi Hedren, estrela de ‘Os Pássaros’ e ‘Marnie’ de Hitchcock, em que ela teve problemas com as investidas sexuais do diretor e ele dificultou para ela voltar a trabalhar como atriz. “O sistema dos estúdios era uma loucura, você era como um animal treinado,” Dakota me diz. “É difícil para eu ouvir.” Tippi se voltou então para o resgate de animais selvagens. A famosa mãe de Dakota cresceu com um leão em casa, enquanto Dakota se lembra alegremente de ter um par de elefantes resgatados, Timbo e Cora, em seu quintal.

    Hedren agora vive em um rancho em Soledad Canyon, na Califórnia, “com alguns gatos pequenos e alguns gatos grandes”, como Dakota explica: “Leões, tigres, um leopardo preto, e uma cheetah de três pernas.” Ela chama sua avó, que tem agora 85 anos, “a mulher mais fascinante que eu já vi. Ela é tão linda e inteligente e uma real e verdadeira atriz. Ela é simplesmente extraordinária.”

    No dia seguinte seguimos para o show Erdem, onde Dakota admira o enigmático Edwardian e novamente passa praticamente despercebida. Nós paramos para comer uma salada para o almoço antes do desfile da Burberry, mas o tráfego é tão horrível que nós nos arriscamos a perder o espetáculo completamente. Em desespero, sugiro sair e correr até o show. Dakota remove seus saltos altos e corajosamente corre como um corredora de cross-country. “Eu estive com os pés descalços em uma ilha por dois meses!”, ela grita. “Está tudo bem!” Chegando sem fôlego, nos apressamos em nossos assentos, logo quando Malaika Firth aparece no fim da pista em uma jaqueta jeans e em uma saia lápis-dourada de paetês.

    “Isso foi muito engraçado!”, diz Dakota com uma risada após o show. “Eu amei cada segundo!” Ela também gosta da paleta de cores romântica de Christopher Bailey, mas admite que preferiu as roupas dos homens. “Eu quero colocar minhas mãos nessas calças de veludo”, diz ela.

    Embora Stella esteja dando um almoço para mulheres em Holland Park, após o quase colapso da nossa aventura Burberry, decidimos prezar pela a cautela e seguir cedo para o show de Christopher Kane na Tate Modern. Lauren Santo Domingo se junta a nós no carro. “Se você tivesse que envelhecer e tricotar, onde você moraria?”, Pergunta à Dakota. “Colorado ou Nashville”, ela responde. “L.A. realmente não me parece mais como um lar.”

    “Los Angeles é realmente um lugar muito estranho”, ela me diz mais tarde. Eu cresci lá como uma criança normal, mas foi só até eu experimentar outras partes do mundo que eu percebi como realmente é verdadeiramente bizarro dentro das casas dos poderosos e destruídos. Nashville é apenas a algumas horas de Nova York” , diz ela, “e as pessoas andam em um ritmo mais lento lá e eles não se importam quem você é ou o que você faz. “Na verdade, o telefone dela apita constantemente com alertas imobiliárias de Nashville. “Às vezes é bom apenas curtir no quintal de alguém em vez ficar andando na cidade”, diz ela. “Mas outras vezes… é bom andar pela cidade!”

    A agenda de viagens implacáveis era um fato na vida da Dakota, quando ela estava crescendo. A sua infância de criança normal foi passada “em todos os lugares”, ela me diz: “Cincinnati, Colorado… Budapeste. Eu viajei muito com meus pais”, para suas locações de filmes, e em seguida, entre eles, quando eles se separaram (pela segunda vez), em 1995.

    “Eu estava sempre dentro e fora da escola”, diz ela (ela conta sete ou oito anos no total). As manhãs eram gastas na estrada com um tutor e as tardes em aventuras, explorando novas cidades e museus – Uma educação que tem deixado em Dakota uma curiosidade ardente de informações e uma sensação geral de cultura. Ela estudou arte na escola, mas “Eu percebi que o que eu estaria fazendo era filmes”, diz ela, “porque eu cresci ao lado de pessoas que faziam filmes, faziam arte, faziam música. E estar em um set de filmagens é a coisa mais reconfortante do mundo para mim. Ver um caminhão trailer é como estar em casa.”

    Chegamos tão cedo para o desfile de Kane que eles ainda estavam no meio de ensaios no Turbine Hall Museum, então nós fomos ao show de Robert Mapplethorpe. “Ele tem um lugar muito especial no meu coração”, diz Dakota, comovida pela retrospectiva do fotografo de Grand Palais assim como no livro de Patti Smith, de 2010, sobre memórias de sua vida com Mapplethorpe, Just Kids. Certa vez ela atraiu a atenção de Smith em Paris, quando ambas estavam comprando em Dries Van Noten (loja masculina, naturalmente). “Eu não sabia o que fazer comigo mesmo,” Dakota me diz. “Então ela saiu e eu a segui pelo quarteirão e me senti muito, muito assustadora!”

    De Londres, Dakota está indo para Nova York, onde sua amada irmã mais nova de dezoito anos de idade, Stella del Carmen Banderas, tem uma entrevista no Barnard .“Ela é a pessoa mais inteligente em nossa família”, diz Dakota antes de voar para Vancouver para filmar algumas cenas adicionais de Cinquenta Tons e dali ir para Los Angeles, onde nos encontramos de novo, um mês depois dos desfies de Londres, em uma tarde agradável no LACMA. A agora morena, Dakota está vestindo um sutiã escuro Laura Urbinati (Que ela admite que roubou do guarda-roupa do filme Piscine que ela estava gravando) sob a blusa transparente e fica muito feliz quando percebe que o pingente de coração turquesa Jen Meyer combina com a cor do dia do Museum Pass (museu de Paris).

    Dakota, que não tem estado em L.A. por quase um ano (Sua mãe tem cuidado de seu cachorro Zeppelin, uma mistura das raças Jack Russel e Schnauzer) parece serena e concentrada após uma louca aventura em Londres, mas a calma é ilusória, desta vez  também. Na semana anterior, Dakota finalmente viu a última versão de Cinquenta Tons de Cinza. Uma experiência que a deixou desconcertada novamente.

    “Parece lindo”, diz ela. “Eu nunca vi nada parecido. Mas é confuso para o cérebro. Ainda não consigo olhar para ele objetivamente ou envolver minha cabeça em torno dele. As partes do filme que são difíceis de assistir, são ainda mais difíceis e emocionalmente desgastantes para filmar.”

    Dakota ama a exposição do cinema expressionista alemão de 1920 – particularmente a idéia das produções de Weimar onde diz “o set de um filme é um personagem junto com os atores, até onde o papel de parede significa algo”. Lembra a ela a sala vermelha do set de Cinquenta Tons, onde “tudo tem um lugar e cada gaveta e armário e caixa tem algo.” – embora não é algo ainda visível para o espectador. “Somente Jamie e eu sabíamos”, diz ela.

    Nós, então, decidimos ir na exposição “Hollywood Costume”, apresentada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, onde Dakota observa os detalhes. Os mais ocultos forros coloridos do guarda-roupa velho de Mary Poppins, por exemplo, ou a bolsa que Meryl Streep usou para o personagem de Margaret Thatcher, cuidadosamente preenchido com toda a parafernália correta, que só a atriz conhecia.

    “Eu conheço essa voz!”, diz Dakota de repente, quando fazemos uma curva. “Eu posso ouvir a minha avó!” Com certeza, o terno verde de Tippi Hedren em “Os Pássaros” está na sala ao lado. O conceito do designer da exposição é ter Tippi em uma conversa com imagens de arquivo do famoso figurinista Edith Head – onde a Universal tem também um armário onde estão os pertences da personagem de Dakota em Cinquenta Tons, todos do designer Mark Bridges. Em seguida, vem Tippi Hedren com sua voz novamente: “Eu percebi o quão importante um guarda-roupa é num filme para um personagem… Ela é rica? Ela é pobre? É ela… uma vagabunda?”

    “O Quê? O Quê?!? Mormor!” Grita uma Dakota genuinamente indignada, usando a palavra sueca para avó e revelando um traço de puritanismo que parece um pouco em desacordo com ela na tela em Cinquenta Tons. “Oh. Meu. Deus.”

    Ela está um pouco tranquilizada pelos trajes extravagantes que se seguem de 1930 de Adrian e Travis Banton. “Filmes são as melhores coisas do mundo”, diz ela, suspirando. Adequadamente entusiasmada, ela decide assistir um filme nessa noite com sua irmã, e elas concordam em ver Garota Exemplar.

    O que o futuro iminente te espera? “Eu vou fazer um pouco de divulgação para Cinquenta Tons, e então eu vou tomar o resto do ano de folga”, diz Dakota alegremente. “Eu quero sair com meus amigos. Eu quero sair com minha família – bem, às vezes eu quero sair com a minha família!”

    Sam Taylor-Johnson não está tão certa. “Eu acho que isso vai levá-la para um lugar onde ela tem assistido seus pais irem”, diz ela sobre o papel de afirmação da carreira de Dakota. “Agora ela vai experimentar isso por si mesma.”

    Postado em Fri , 01 2015 Arquivado em Dakota Johnson, Entrevista, Fotos, Photoshoot
     
       

    Vejam fotos de Dakota Johnson deixando sua aula de pilates, uma lanchonete e fazendo compras hoje em Los Angeles:

    CANDIDS > 2015 > DAKOTA APÓS A AULA DE PILATES – 22 DE JANEIRO

    fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg

    CANDIDS > 2015 > SAINDO DE UM ALMOÇO NO MAISON CAFE – 22 DE JANEIRO

    fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg

    CANDIDS > 2015 > DAKOTA FAZENDO COMPRAS COM UMA AMIGA – 22 DE JANEIRO

    fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg

    Postado em Fri , 01 2015 Arquivado em Candids, Dakota Johnson
     
       

    Hoje foi divulgado mais um videoclipe da trilha sonora de Cinquenta Tons de Cinza, e nele podemos ver Anastasia Steele – personagem de Dakota Johnson -. Assistam:

    Postado em Thu , 01 2015 Arquivado em Anastasia Steele, Cinquenta tons de cinza, vídeo, vídeos
     
       

    Mais um projeto de Dakota foi lançado hoje. O site da revista VOGUE divulgou o curta-metragem ‘In a Relationship‘ que conta com a participação de Dakota no elenco. Dirigido Sam Boyd, o curta conta a história de dois jovens casais em fases bem diferentes de uma relação. Nicholas Braun, que participou do filme Date and Switch com Dakota, faz o par romântico da atriz nesse novo projeto. Confira:

    Postado em Thu , 01 2015 Arquivado em Dakota Johnson, Filmes, vídeo, vídeos
     
       

    Como de costume, Dakota Johnson foi fotografada enquanto chegava e deixava sua aula de pilates. Vejam as imagens:

    CANDIDS > 2015 > DAKOTA CHEGANDO NA AULA DE PILATES – 21 DE JANEIRO

    fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg

    CANDIDS > 2015 > DAKOTA DEIXANDO O WINSOR PILATES STUDIO – 21 DE JANEIRO

    fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg

    Postado em Thu , 01 2015 Arquivado em Candids, Dakota Johnson
     
       

    FINALMENTE! Hoje foi liberado o videoclipe da canção “Earned It”, que estará na trilha sonora de Cinquenta Tons de Cinza, com a participação de Dakota Johnson. Assistam:

    Postado em Wed , 01 2015 Arquivado em Cinquenta tons de cinza, Dakota Johnson, vídeos
     
       

    Confiram mais candids de Dakota Johnson ontem (20) em West Hollywood:

    CANDIDS > 2015 > FAZENDO COMPRAS – 20 DE JANEIRO

    fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg

    CANDIDS > 2015 > PASSEANDO COM SEU CACHORRO EM WEST HOLLYWOOD – 20 DE JANEIRO

    fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg fifty~0.jpg

    Postado em Wed , 01 2015 Arquivado em Candids, Dakota Johnson
     
       

    Instante atrás, Chase Cohl, amiga de Dakota Johnson, publicou uma foto da atriz em sua conta no Instagram. Confira:

    OUTRAS > DIVERSAS > INSTAGRAM DE AMIGOS/CONHECIDOS

    fifty~0.jpg

    Postado em Wed , 01 2015 Arquivado em Dakota Johnson, Fotos
     

    Page 1 of 2512345678910Last »

    Untitled Document
    STATUS
    DomÍnio: dakotajohnson.com.br
    Online desde: 14/09/2013
    Visitas on:
    Visitas:
    Designed: Débora
    PROJETOS

    A Bigger Splash


    Tipo: Filme

    Personagem: Penelope Cyr

    Status: Pós-produção

    Lançamento: 2015 (Itália)

    IMDB


    Black Mass


    Tipo: Filme

    Personagem: Lindsey Cyr

    Status: Pós-produção

    Lançamento nos EUA: 18 de setembro de 2015

    FOTOS | IMDB


    Cinquenta tons de cinza


    Tipo: Filme

    Personagem: Anastasia Steele

    Status: Pós-produção

    Lançamento no Brasil: Fevereiro de 2015

    FOTOS | IMDB | SITE OFICIAL

    TWITTER
    FACEBOOK
    PARCEIROS
    Untitled Document
     
    Dakota Johnson Brasil   /   Designed by Brxvxdo   
    O Dakota Johnson Brasil não tem nenhum tipo de contato com a Dakota nem com nenhum de seus familiares ou amigos. Somos apenas um fan-site sem fins lucrativos, que tem o intuito de informar os fãs sobre a atriz. Todas as notícias publicadas foram traduzidas pela nossa equipe ou pegos de outras fontes e creditadas. Caso use algo nosso, por favor credite. Obrigada pela atenção e volte sempre.